65 Visualizações |  Curtir

Além da TAM, Fortaleza concorre agora a receber hub da TAP

aviao

A companhia aérea portuguesa TAP pretende estruturar no Nordeste a operação de voos regulares por meio de um hub

Fortaleza pode ser a opção de mais um centro de conexões de voos. A companhia aérea portuguesa TAP pretende estruturar no Nordeste a operação de voos regulares por meio de um hub. O empresário cearense Chiquinho Feitosa confirma que iniciou, em Lisboa, Portugal, as conversações com a direção da empresa para aproximar o grupo ao estado.

“Eu acredito que dezembro estaremos agendando aqui em Fortaleza uma audiência com o governador e com o prefeito, para tratarmos desse assunto. Isso é uma coisa que deve acontecer no próximo ano, tendo em vista que só assumirão a direção da companhia a partir de novembro”, explica o empresário em entrevista à Rádio Tribuna BandNews FM.

Até o final do ano, deve sair a resposta se a capital cearense será escolhida para sediar o hub da TAM. Nesta semana, um estudo de infraestrutura aeroportuária apontou Fortaleza e Natal como as capitais mais favoráveis para receber o empreendimento. Segundo o estudo, as cidades devem ampliar seus equipamentos, enquanto Recife necessita de um novo terminal aéreo.

Além da TAM, as empresas Azul e Avianca também estudam a possibilidade de instalar um centro de distribuição do Nordeste, mas ainda não há informações sobre os projetos.

Para conquistar o hub da TAP, o empresário Chiquinho Feitosa salienta que Fortaleza tem vantagem devido à localização geográfica. No entanto, ele aponta que uma audiência para discutir o assunto com o Governo do Ceará e a Prefeitura de Fortaleza só deve ocorrer em 2016, quando a TAP estará sob controle de novos acionistas.

Não há informações sobre o início das operações do centro de conexões da companhia portuguesa, nem quantos voos devem funcionar na capital contemplada pelo hub. Também ainda não são apontadas as cidades brasileiras que podem concorrer ao empreendimento.

Por meio da assessoria de imprensa, a gestão nacional da TAP afirmou desconhecer a intenção de instalar um hub no Nordeste. A administração portuguesa não havia comentado o assunto até o encerramento desta matéria.

Tribuna do Ceará