24 Visualizações |  Curtir

Conheça o Geizeer, ar-condicionado portátil que tem proposta ecológica

Modelo de ar-condicionado portátil promete baixo consumo energético e dispensa filtros 

O Geizeer segue a tendência de aparelhos de ar-condicionado portáteis. Sua principal proposta é ser uma alternativa mais ecológica do que os concorrentes, como o Evapolar. Ao contrário de outros modelos, que funcionam à base de água, o dispositivo utiliza uma solução em gel para resfriar os ambientes. Dessa forma, ele consegue dispensar os filtros de ar e promete consumir menos energia.

 Lançado no fim de 2017, o Geizeer é fabricado na Itália e há frete disponível para o Brasil. Seu preço varia entre 108 euros e 152 euros (aproximadamente R$ 436 e R$ 614, respectivamente), a depender do acabamento escolhido. Para conhecer o ar-condicionado portátil, veja uma análise completa de especificações.

Feito em madeira, o Geizeer oferece diversas opções de acabamento (Foto: Divulgação/Geizeer)

Feito em madeira, o Geizeer oferece diversas opções de acabamento (Foto: Divulgação/Geizeer)

Ar-condicionado ou climatizador?

Apesar de ser chamado de “ar-condicionado portátil”, o funcionamento do Geizeer é similar ao de um climatizador. Enquanto o ar se movimenta por dentro da estrutura do aparelho, graças à ajuda de uma ventoinha, elementos térmicos roubam o seu calor. Dessa forma, o Geizeer elimina a necessidade de filtros, mas exige que o gel térmico em seu interior seja trocado a cada dois anos.

Segundo a fabricante italiana, em ambientes bem isolados, o Geizeer é capaz de reduzir até três graus Celsius em um perímetro de 12 m². A empresa não entra em detalhes, mas caso o usuário se mantenha a até 1,2 m de distância do aparelho, é possível que esta redução seja ainda maior – sempre dependendo, é claro, das condições de umidade e temperatura do ambiente.

 

Para utilizar o Geizeer, é necessário congelar o gel térmico em seu interior (Foto: Divulgação/Geizeer)

Para utilizar o Geizeer, é necessário congelar o gel térmico em seu interior (Foto: Divulgação/Geizeer)

 

Gelo artificial e reutilizável

Assim como nos climatizadores tradicionais, o Geizeer apresenta um gel térmico como o seu principal elemento de refrigeração. Embora reduza bastante o consumo energético do aparelho, é necessário remover e congelar o compartimento com o gel antes de utilizar o equipamento. A fabricante detalha que, após ser congelado com a ajuda de um freezer ou geladeira, o gel é capaz de resfriar o ar por até quatro horas.

 

Ar-condicionado portátil também funciona como objeto de decoração (Foto: Divulgação/Geizeer)

Ar-condicionado portátil também funciona como objeto de decoração (Foto: Divulgação/Geizeer)

Bateria inclusa

A ventoinha é o único componente que consome energia elétrica no Geizeer. Graças ao sistema de resfriamento que não requer eletricidade, o aparelho pode ser utilizado por até cinco horas sem se conectar a uma fonte de energia. Contudo, em dias mais quentes, a ventoinha costuma operar em velocidades maiores, reduzindo a autonomia de uso em até duas horas.

Para ser recarregado, o Geizeer acompanha um cabo USB e pode ser conectado a qualquer computador. No entanto, a fabricante não detalha se ele também pode ser ligado diretamente na tomada.

 

Aparelho é fabricado na Itália, mas pode ser entregue no Brasil (Foto: Divulgação/Geizeer)

Aparelho é fabricado na Itália, mas pode ser entregue no Brasil (Foto: Divulgação/Geizeer)

 

Preço e disponibilidade

Tanto o aparelho de ar-condicionado quanto o seu gel de resfriamento podem ser adquiridos oficialmente no site da Geizeer, ambos com entrega para o Brasil. Para a cidade de São Paulo e região, o frete é de 42 euros (o equivalente a R$ 169 na cotação atual da moeda). Após dois anos de uso, sendo necessária a troca do gel, o mesmo pode ser comprado separadamente por 10 euros (aproximadamente R$ 40)

 Geizeer Kickstarter