50 Visualizações |  Curtir

Dia dos pais na Holanda é… toda semana

Em um dos países mais felizes do mundo, é comum que somente o pai seja o responsável pelas crianças um dia na semana. Talvez isso explique tanta felicidade…

Pai e filho empinando pipa (Foto: Shutterstock)

Se você for passar as férias na Holanda um dia, notará que não é incomum ir a um parque infantil durante a semana e se deparar, às vezes, com a maioria absoluta das crianças acompanhadas somente pelo pai.

O mesmo pode ocorrer, na manhã de um dia útil, ao caminhar na rua: um desfile de pais com seus bebês no sling, ou caminhando com os filhos pequenos. Por que isso acontece?  Provavelmente, devido ao papadag semanal, ou, em bom português, o dia do papai.

O que é o dia do papai?

Na Holanda é comum que, durante um dia por semana, somente o pai seja o responsável  pelas crianças. Neste período, as mães podem tirar o dia para elas, seja para trabalhar, ver um filme, relaxar, ou até mesmo dormir.

As quartas-feiras tendem a ser o dia mais popular para o papadag, visto que as escolas deixam as crianças saírem ao meio dia. A maior parte das empresas incentivam seus trabalhadores a aproveitarem esse tempo e a maioria dos pais adota a prática desde quando os filhos nascem até completarem 8 anos de idade.

Por que é tão popular?

Para a sul-africana Lucille Abendanon, que há dois anos passou a morar com a família na Holanda, o sucesso do papadag pode ser explicado por vários motivos, entre eles, o fato de que passar um tempo com os filhos acaba fortalecendo os laços entre o pai e a criança.

Além disso, explicou ela ao site Kinstantly, um dia sem a responsabilidade de cuidar das crianças dá às mães um tempo para cuidarem de si, o que seria uma “receita para a felicidade”. Outras razões seriam o maior equilíbrio entre vida pessoal e trabalho e o fato de que ao experimentarem a rotina das mães (na Holanda a maior parte trabalha por meio período), os pais passam a apreciar mais e compreender melhor a parceira.

É possível adaptar?

Ainda que trabalhem menos horas por dia, em comparação com outros países europeus, os holandeses possuem uma das maiores taxas de produtividade no trabalho na União Europeia, o que pode explicar o apoio das empresas de lá para o dia semanal do pai.

Por aqui, como na maior parte dos países, é difícil imaginar tal incentivo, mas para Lucille ainda assim é possível para todas as famílias terem um papadag. Basta para isso adotar um dia no final de semana, ou, ao menos, uma noite na semana. E você, acha que daria certo aí na sua casa?

Crescer