147 Visualizações |  Curtir

Estudo nos EUA mostra potencial do mercado de produtos smart

TVs smart, players de streaming, players Blu-ray, servidores de mídia: esses são os aparelhos preferidos por pessoas que assumem um estilo de vida “conectado”. Pelo menos, é que o aponta a mais recente pesquisa sobre o tema no mercado americano. A empresa especializada LRG ouviu um total de 1.202 usuários e descobriu que 74% deles possui pelo menos um daqueles itens.

É um aumento expressivo em relação aos anos anteriores. Na pesquisa realizada em 2016, 65% disseram possuir um aparelho smart; eram 44% em 2013 e apenas 24% em 2010. Segundo a LRG, 29% dos adultos costumam assistir conteúdos de televisão através de um dispositivo conectado à internet (eram 19% no levantamento anterior). A maior parte deles (43%) está na faixa etária entre 18 e 34 anos.

O estudo indicou ainda que 29% dos TVs instalados nas residências americanas atualmente são do tipo smart, contra apenas 7% em 2014. Cada um desses domicílios tem, em média, 3,8 aparelhos smart. “TVs conectados, junto com Netflix e outros serviços de video-on-demand, são os principais fatores de mudança”, diz Bruce Leichtman, presidente da LRG. “Num período de tempo muito curto, os dispositivos conectados permitiram a um número crescente de consumidores acessar serviços de VoD na mesma em que assistem à TV tradicional”, acrescenta o especialista.

Revista Home Theater & Casa Digital