197 Visualizações |  Curtir

Festas de fim de ano devem girar R$ 2,5 bi na Capital

Montante é mais que o dobro gasto em igual período do ano passado, segundo informou a Secretaria de Turismo

 Reveillon 2014 da cidade de Fortaleza no aterro da praia de Iracema. na foto- Queima de fogos no aterro da praia de Iracema.  - negocios - 28ne0254  -  ALEX COSTA
Reveillon 2014 da cidade de Fortaleza no aterro da Praia de Iracema. Na foto, queima de fogos no aterro da praia de Iracema.
Do Brasil, quem mais visita a Capital são pessoas de São Paulo, Pará, Minas Gerais, Rio Grande do Norte e Rio de Janeiro, além do Distrito Federal. Do exterior, virão, principalmente, da Itália, França, Portugal e Argentina ( Foto: Alex Costa )

Mais de um milhão de turistas, incluindo estrangeiros e nacionais, são esperados para as férias de fim de ano em Fortaleza, de acordo com dados da Secretaria de Turismo de Fortaleza (Setfor). Somente para o mês de dezembro, espera-se que os visitantes gastem na Capital, com turismo e serviços, o valor total de R$ 2,5 bilhões. O montante representa um pouco mais que o dobro do que foi alcançado em julho deste ano, que registrou receita de R$ 1,23 bilhão.

“Dezembro é um dos melhores meses do turismo”, ressalta Elpídio Nogueira, titular da Setfor, que também comemora a lotação em alguns hotéis da cidade. O secretário justifica a boa fase da cidade por conta da alta do câmbio, que adiou os planos de quem gostaria de carimbar o passaporte nas próximas férias. “Em recente pesquisa com turistas brasileiros, Fortaleza foi a cidade apontada como o destino mais desejado e, ainda, o mais procurado entre as opções do Nordeste”, afirma.

Hospedagem

A animação com as possibilidades do setor é compartilhada pelo presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis Ceará (Abih-CE), Darlan Leite. “A expectativa é muito boa para o período. No fim do ano, estamos com a taxa de ocupação entre 98% e 100%”, anuncia. Para o representante da rede holeteira do Estado, a procura pelas festas de réveillon de Fortaleza está cada vez maior.

Segundo ele, o turista está atraído não apenas pela comemoração organizada pela Prefeitura Municipal, que irá ocorrer na Praia de Iracema, mas também por conta de outras festas privadas, como as que acontecem no Marina Park Hotel. “Um outro indutor para o turismo local é o Beach Park”, complementa. Para janeiro, as reservas dos hotéis estão na ordem de 70%.

Origem dos visitantes

Segundo o secretário de Turismo de Fortaleza, são esperados cerca de 900 mil turistas vindos de outras localidades do Brasil e, entre 100 e 120 mil, do exterior, principalmente da Itália, França, Portugal e Argentina.

Ele observa, ainda, que os americanos também estão voltando a visitar Fortaleza, pois sabem que o dólar está supervalorizado, o que acaba tornando relativamente barata a hospedagem em um hotel cinco estrelas da Beira Mar.

Darlan também tem notado a presença bastante intensa de visitantes vindo dos Estados Unidos que há um tempo não se via. “Esse é um povo interessante, que gosta de viajar”, afirma. Dentre os brasileiros, quem mais visita a Capital são pessoas de São Paulo. Estados como Pará, Minas Gerais, Rio Grande do Norte e Rio de Janeiro, além do Distrito Federal, também enviam turistas com frequência.

Infraestrutura

Para as festas de réveillon, Elpídio comunica que estão preparando, em parceria com outras entidades, um grande esquema de segurança, mobilidade urbana, reforço policial e instalação de câmeras de vigilância. Só para festa no Aterro na Praia de Iracema estima-se um milhão de pessoas. “Estamos tentando implantar até dezembro uma base policial fixa na Beira Mar, próxima ao clube Náutico”, diz.

Para melhorar a qualidade de atendimento com o público estrangeiro, a Setfor está disponibilizando curso da língua inglesa básico para garçons e atendentes das barracas de praia para que eles possam compreender os turistas.

Já o presidente da Abih-CE comenta que nos períodos de intervalo entre as temporadas os hotéis aproveitam para treinar seus colaboradores e que não existe uma grande demanda por contratação nesta época pois é preciso manter um quadro de funcionários capacitados ao longo de todo ano.

Em todo Ceará são 16 mil leitos de hotéis, dentre os filiados da associação, sendo 12 mil situados na Capital.

Outras praias

As praias localizadas nos litorais leste e oeste do Estado são bem procuradas pelos turistas que chegam a Fortaleza. Dados da Setfor estimam que cerca de 75% deles visitam Canoa Quebrada, Jericoacora, Cumbuco e Praia das Fontes.

Darlan analisa que pessoas que viajam por meio terrestre, vindas de cidades como Natal e Mossoró, optam por ficar em Canoa Quebrada, Praia das Fontes e Águas Belas pela proximidade.

“O tempo de permanência deste turista dobrou, e ele fica cerca de quatro dias no destino”, disse. Outra observação do titular da Abih-CE é sobre a motivação de quem procura os municípios turísticos fora da Capital, “querem descansar e não procuram por festas”.

Diário do Nordeste