39 Visualizações |  Curtir

R$ 5 bilhões de investimentos com 3 mil empregos em SC

Com a confirmação de que a economia catarinense cresceu mais do que a média do Brasil em 2017, a expectativa é de que em 2018 esse ritmo continue. O governo do Estado está entre os mais otimistas. Um dos motivos é que, no primeiro semestre do novo ano, cinco grandes projetos empresariais que estão sendo prospectados pela agência Investe SC sejam anunciados. Juntos, somam investimentos de R$ 5 bilhões e planos para gerar cerca de 3 mil novos empregos diretos.

Em regiões diferentes

Por enquanto, as empresas investidoras e detalhes dos projetos seguem em sigilo conforme requer esse tipo de negociação com a agência de investimentos do Estado. Mas são indústrias e serão instaladas em regiões diferentes do Estado, informa o secretário da Fazenda, Renato Lacerda. Os projetos são para as regiões Norte, Planalto Norte, Oeste e Planalto Serrano. Além desses grandes empreendimentos, mais 30 seguem monitorados pela equipe do governo que integra a Investe SC. A agência de atração de investimentos é uma parceria entre o Estado e a Federação das Indústrias (Fiesc), que foi renovada neste mês de dezembro, informa Lacerda.

Em 2017, quase tudo azul

Foi mais um ano difícil, mas 2017 permitiu a quase todos os setores econômicos de SC deixar para trás o pior dos dois anos de recessão e voltar ao azul. De janeiro a outubro, a atividade econômica (IBCR) cresceu 3,55%, a produção industrial 4,1% e o comércio 13,7%. Até novembro, as exportações cresceram 13,3%, a arrecadação do Estado teve alta de 7,7% e SC abriu 51.550 novos empregos formais. A agropecuária cresceu em valor 0,5% no ano. Entre os grandes setores da economia, apenas os serviços seguem no vermelho, com queda de 6,7% até outubro.

JR